Jovens na vitrine: quais as maiores vendas de brasileiros sub-21

0
497
Vinicius Jr

"Vinicius Jr 2018" by All-Pro Reels is licensed under CC BY-SA 2.0 .

A transferência do meia-atacante Pedro, do Corinthians, para o Zenit, da Rússia, rendeu inúmeros comentários negativos e protestos dos torcedores alvinegros. O Timão negociou 50% dos direitos da jóia de 17 anos por nove milhões de euros (R$ 46,7 milhões), valor considerado baixo pela Fiel Torcida por conta do alto potencial da Cria do Terrão.

Além disso, a comparação com vendas recentes dos rivais também causou a irritação dos alvinegros. O Palmeiras, por exemplo, acertou a transferência de Endrick por cifras oito vezes maiores que as conseguidas pelo clube do Parque São Jorge. Enquanto isso, o Santos tem encaminhado um negócio de 15 milhões de euros do Chelsea pelo atacante Ângelo. O São Paulo também possui o histórico de receber altos valores por suas promessas.

Por isso, a Apex Legends Brasil separou, para efeitos de comparação, uma lista com as maiores vendas de jogadores sub-21 na história do futebol brasileiro, em valores absolutos. Será que o acordo por Pedro foi realmente barato ou os torcedores do Corinthians estão reclamando sem razão? 

1 – Neymar (Santos – Barcelona) – 88,4 milhões de euros

Maior estrela da geração, o atacante Neymar foi negociado com o Barcelona, da Espanha, em 2013, aos 21 anos, por 88,4 milhões de euros (sem correções inflacionárias). O acordo foi marcado por polêmicas e gerou até investigação da Justiça do país europeu. Só meses depois do anúncio, já com o atacante no Barça, o ex-presidente Sandro Rosell revelou as verdadeiras cifras envolvidas.

2 – Endrick (Palmeiras – Real Madrid) – 72 milhões de euros

A promessa palmeirense já foi negociada com o Real Madrid, mesmo com poucos meses como jogador profissional. Ciente do potencial de Endrick, o presidente do clube espanhol, Florentino Pérez, desembolsou 72 milhões de euros para contar com o atacante. O atleta do Verdão se tornou, inclusive, o brasileiro mais caro da história dos merengues (em valores absolutos).

3 – Vinícius Jr. e Rodrygo (Flamengo e Santos – Real Madrid) – 45 milhões de euros cada um

Dois dos principais nomes do elenco atual do Real Madrid, Vinícius Júnior e Rodrygo foram transferidos em condições muito parecidas. Promessa desde as categorias de base, o ex-jogador do Flamengo foi comprado pelos merengues antes de completar a maioridade,  por 45 milhões de euros, e rumou ao Velho Continente em julho de 2018. O mesmo valor foi pago em Rodrygo, que se despediu do Santos um ano depois. 

4 – Lucas Moura (São Paulo – PSG) – 43 milhões de euros

Lucas Moura surgiu como uma das grandes promessas das categorias de base do São Paulo. E a qualidade do Made in Cotia chamou a atenção do Paris Saint-Germain, da França, que garantiu sua contratação em 2012, aos 20 anos de idade, por 43 milhões de euros. O meia-atacante se despediu do Morumbi com o título da Copa Sul-Americana. 

5 – Lucas Paquetá (Flamengo – Milan) – 35 milhões de euros

Para completar o top-5, o meia Lucas Paquetá foi negociado pelo Flamengo com o Milan, da Itália, aos 21 anos, também em 2018. A operação custou 35 milhões de euros aos europeus.