Quando foi a última vez que um brasileiro ganhou uma corrida da Fórmula 1?

0
767
Rubens Barrichello

"Rubens Barrichello" by ph-stop is licensed under CC BY-SA 2.0 .

Sem um piloto titular no grid desde 2017, o Brasil amarga seu segundo maior jejum sem uma vitória na principal categoria do automobilismo mundial. A última vez que o Hino Nacional tocou em um pódio de Fórmula 1 foi em setembro de 2009, quando Rubens Barrichello venceu o Grande Prêmio da Itália. 

Naquela ocasião, Rubinho brigava pelo título da temporada com o colega de equipe Jenson Button. O brasileiro liderou a dobradinha da Brawn GP, em um pódio que teve o inglês na segunda colocação e o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, em terceiro. De lá até meados de agosto de 2023 já são quase 14 anos. E a seca deve aumentar… 

Desde a vitória de Barrichello na Itália, o Brasil teve mais cinco pilotos disputando GPs na Fórmula 1. Felipe Massa foi o mais longevo, ficando no grid até 2017 e até marcando presença no pódio. Bruno Senna disputou três temporadas (de 2010 a 2012), Felipe Nasr mais duas (2015 e 2016) e Lucas di Grassi, uma (2010). Pietro Fittipaldi, atual piloto de testes da McLaren, participou de duas corridas ao final da temporada 2020, substituindo Romain Grosjean. 

Como foi o GP da Itália de 2009? 

O GP da Itália foi disputado em 13 de setembro de 2009, no tradicional circuito de Monza. A pole position foi do inglês Lewis Hamilton, que teve a companhia na primeira fila do alemão Adrian Sutil, da Force India. Rubinho apostou em uma estratégia de uma parada a menos nos boxes, disputou o classificatório com um carro mais pesado e saiu apenas na quinta posição do grid, logo à frente de Button. 

Deu certo a estratégia de somente um pit stop, aliada à potência da surpreendente estreante Brawn GP – o time havia nascido naquela temporada após Ross Brawn comprar o espólio da Honda e montar uma escuderia apoiada pelo motor Mercedes e pelo patrocínio do bilionário britânico Richard Branson, dono do Virgin Group. Resultado: Rubinho assumiu a liderança definitiva da corrida após a segunda parada de Hamilton, que voltou dos boxes em terceiro e atacandoButton. 

O brasileiro tinha uma vantagem confortável na liderança, enquanto Button se preocupava em defender a segunda posição. No duelo britânico, Hamilton tentou forçar na última volta e se deu mal: ele perdeu o controle de sua McLaren, bateu forte e o safety car precisou entrar na pista – garantindo, assim, que Barrichello receberia a bandeira quadriculada em primeiro lugar. 

Aquela foi a vitória de número 101 do Brasil na F1, que é disputada desde 1950. A primeira havia sido em 1970, de Emerson Fittipaldi no GP dos Estados Unidos – justamente encerrando o maior período da categoria sem vitórias de um representante nacional. 

Curiosidades sobre a temporada da última vitória brasileira na F1 

– Com o triunfo em Monza, Rubinho chegou aos 66 pontos e reduziu para 14 a diferença para Button na briga pelo Mundial de Pilotos. O brasileiro, porém, não conseguiu se aproximar mais do colega de equipe, que acabou levando o título da temporada. Sebastian Vettel, da Red Bull, foi o vice-campeão.

– Rubinho havia vencido outra corrida na temporada 2009 da F1: o GP da Europa, disputado no circuito urbano de Valência, na Espanha. 

– Seis escuderias que formavam o grid daquela temporada já não existem mais ou mudaram de nome: Brawn, Force India, Renault, Toyota, BMW Sauber e Toro Rosso (esta foi rebatizada pela Red Bull para Alpha Tauri). Quem continua são Ferrari, McLaren, Red Bull e Williams.

– Somente três pilotos que disputaram a última corrida vencida por um brasileiro seguem no grid da F1 atualmente: Vettel (que à época ainda não havia ganhado nenhum dos seus quatro títulos), Hamilton (que possuía um dos sete títulos que tem hoje) e o espanhol bicampeão Fernando Alonso. 

– Felipe Massa também era piloto titular naquela temporada, mas o brasileiro estava afastado do grid em decorrência do grave acidente sofrido meses antes no GP da Hungria. 

– No GP da Itália, Giancarlo Fisichella estreou como titular da Ferrari após deixar a Force India no meio da temporada. Ele ocupou a vaga de Luca Badoer, que não empolgou nas duas oportunidades que teve de substituir Massa. Fisico terminou a corrida em nono lugar. 

– Bicampeão e líder absoluto da temporada 2023, o holandês Max Verstappen tinha apenas 12 anos de idade quando um brasileiro venceu na F1 pela última vez. 

Qual o último pódio brasileiro na F1?

Curiosamente, a última vez em que um piloto brasileiro subiu no pódio da F1 foi também na Itália. Seis anos depois da vitória de Rubinho em Monza, Felipe Massa terminou o GP na terceira colocação, atrás do inglês Lewis Hamilton e do alemão Sebastian Vettel. 

O brasileiro, na época, fazia sua primeira temporada no cockpit de uma Williams. Ele havia sido substituídojustamente por Vettel na escuderia italiana.