Quem é Gui Santos, brasileiro que é promessa dos Warriors na NBA

0
439
Gui Santos

"Gui Santos" by Hoop District is licensed under CC BY 3.0 .

Tem um brasileiro que chama a atenção para o futuro da franquia que conquistou quatro títulos da NBA na última década. O ala Gui Santos, que foi draftado pelo Golden State Warriors em 2022, tem causado boa impressão em seus jogos pela liga de desenvolvimento e foi elogiado pela diretoria durante a Summer League, realizada em julho. Mas isso não significa, necessariamente, que ele estará presente no elenco que inicia a próxima temporada. 

Natural de Brasília, Guilherme Carvalho dos Santos é filho de dois ex-jogadores de basquete: Deivisson (pivô que teve passagens por clubes como Franca e São José) e Lucineide. O jovem se profissionalizou pelo Minas Tênis Clubes e defendeu a equipe entre 2018 e 2022. Em seu último ano pelo NBB, venceu o prêmio de Sexto Jogador do Ano, destinado ao melhor reserva. 

Pela Seleção Brasileira, Gui foi destaque na campanha do título da Copa América Sub-17 de 2019 e, dois anos depois, ganhou sua primeira vaga no time principal, à época comandado por Aleksandar Petrovic. Em junho de 2023, foi convocado para a pré-lista que disputa o Mundial. 

Chegada aos Warriors 

Gui Santos foi recrutado pelo Golden State Warriors na posição 55 no draft de 2022. Ainda naquele ano, disputou a Summer League da NBA com outros novatos e atletas sem contrato com a Liga e teve boa atuação: fez sete partidas e foi titular em três dela, terminando  com uma média por jogo de 10,8 pontos, 3,2 rebotes e 1,5 assistência – além de ficar quase 22 minutos em quadra em cada confronto. 

Depois da Summer League de 2022, o Golden State enviou o brasileiro para o Santa Cruz Warriors, que é o time da franquia na G-League (a liga de desenvolvimento da NBA). O Santa Cruz terminou na sétima colocação da Conferência Oeste e acabou ficando fora dos playoffs, mas Gui Santos teve sua atuação elogiada. 

Foram 26 jogos na G-League 2022/23, 8 deles como titular, e uma média de 26 minutos em quadra. O ala brasileiro teve ainda estatísticas de 12,7 pontos, 6 rebotes e 2,2 assistências (além de um aproveitamento de 50% nos arremessos de quadra e 33,3% na linha de três). 

Titular e destaque na Summer League 

Em julho de 2023, Gui Santos retornou à Summer League pelo Golden State e comprovou a evolução vivida em seu primeiro ano jogando nos Estados Unidos. O brasileiro jogou quatro dos cinco compromissos da equipe de San Francisco na intertemporada e foi titular em todos eles. Apesar de os Warriors terem perdido as cinco partidas, Gui terminou como cestinha em um deles e anotou um duplo-duplo em outro.  

O desempenho de Gui deixou o gerente-geral auxiliar do Golden State satisfeito. Em entrevista à rádio local 97.5, o dirigente elogiou o brasileiro e deixou no ar a possibilidade de utilizá-lo de maneira comedida no time principal dos californianos – assim como os Warriors fizeram com o armador Lester Quiñones, eleito jogador que mais evoluiu na G-League 2022/23 e que chegou a estrear na equipe de cima. 

“O Gui talvez seja a nossa maior surpresa na Summer League. Ele fez um bom ano na G-League e acho que, no terço final da temporada, foi nosso melhor jogador. Ele tem feito um trabalho realmente bom, tanto ofensiva como defensivamente. É uma aposta de longo prazo para a gente e posso antecipar para os torcedores que ele vai voltar ao Santa Cruz. Não sei se há um lugar hoje no elenco, mas os fãs podem ficar animados com a chance de Gui estar no elenco no futuro”, revelou Larry Harris. 

Atualmente, o Brasil tem apenas um jogador no elenco principal de um time da NBA: é o também armador Raulzinho, de 31 anos, que atua na Liga desde 2016 e que na temporada 2022/23 defendeu o Cleveland Cavaliers. Ele fez apenas duas partidas pela franquia de Ohio, ficando em quadra sete minutos no total.